Thórus Engenharia
Sala de cinema no condomínio: dicas para o projeto acústico

blog

Sala de cinema no condomínio: dicas para o projeto acústico

O cinema no condomínio é algo que todos desejam ter em seu edifício, não é mesmo? Porém, é preciso se atentar há alguns cuidados na hora de realizar um projeto acústico.

A acústica do ambiente é uma das grandes preocupações na hora de montar uma sala de cinema, principalmente pensando nos demais moradores, para que o som não os atrapalhe.

E pensando nesse assunto, desenvolvemos um conteúdo com dicas para ajudá-lo nesse processo, confira com a gente!

O que é uma sala de cinema no condomínio

Possuir um ambiente com uma enorme tela moderna para assistir seus filmes e séries favoritos, transformam a experiência em um verdadeiro espetáculo.

A sala de cinema residencial do condomínio é literalmente um cinema em casa, com total conforto e praticidade no mesmo lugar onde você mora. Tudo o que há em uma sala de cinema pode compor a do seu condomínio, que vão desde poltronas, ar condicionado, objetos decorativos, sala com um projeto acústico completo igual de cinema tradicional e claro, as telas e projetores, que não podem faltar.

O principal diferencial da sala de cinema em seu prédio, é que ela pode contar com um sistema de automação, o que fará cada sessão ainda mais divertida, trazendo um toque mais especial e mágico, que é tão característico do cinema.

Além disso, esse ambiente não precisa necessariamente ser usado apenas para assistir filmes e séries pelos moradores, também é possível aproveitar toda a estrutura para ver seus programas de TV favoritos e até mesmo se divertir jogando videogame, ou fazer algum tipo de reunião pré agendada síndico.

Vale lembrar que não existem regras para montagem da sala de cinema em condomínios residenciais, os projetos podem ser feitos de acordo com a necessidade de cada cliente. Ou seja, dá para ter uma sala de cinema nos moldes tradicionais que conhecemos hoje pelas empresas, com todo conforto e infraestrutura necessária, incluindo até projetos de automação residenciais. 

Entendendo a acústica

A acústica é uma ciência que refere-se à medição da transmissão de ondas sonoras. Uma sala de cinema com boa acústica permite que o som ande pelo ambiente de forma natural

percorrendo longas distâncias, permitindo que as pessoas ouçam todos os sons dos filmes ou o que estiver passando na telona.

Já ambientes com má acústica não permitem que o som se desloque muito de um lado para o outro do espaço. Mesmo que o som seja muito alto, as pessoas que estiverem participando terão problemas para entender caso a acústica estiver ruim, por isso esse é um fator crucial em um projeto acústico.

Pelo fato das ondas sonoras serem absorvidas pelo material que atingem ou refletidas, fazem um efeito de ricocheteando nos materiais existentes na sala. O segredo para a acústica do som ficar em harmonia, é encontrar um equilíbrio entre o material de construção e o layout que permita que as ondas sonoras sejam absorvidas ou refletidas de maneira ideal para os propósitos do edifício que está sendo projetado, que no caso, é uma sala de cinema.

Aqui, será importante selecionar materiais e designs que filtrem as frequências de onda que não são desejadas em um espaço enquanto amplificam aquelas para as quais o espaço foi projetado. Para resolver isso, materiais de redução de som podem ser integrados ao projeto para manter o som viajando bem no auditório, sem deixar o som escapar por suas paredes.

Dicas para o seu projeto

Toda a sala de cinema deve ser projetada para garantir a melhor experiência de quem estiver dentro dela, ao mesmo tempo que nenhum ruído possa passar além das paredes do cinema. Sendo assim, ao projetar a sala de cinema no condomínio, é preciso considerar alguns pontos, veja:

Localização da sala

Pode parecer irrelevante, mas a sala precisa ser localizada em um local estratégico do edifício. Não apenas por comodidade (acessível, visível etc) mas também por estar posicionada onde ocorra a menor interferência possível de sons externos e haja a menor chance de atrapalhar os moradores por determinados ruídos provenientes da sala.

Isolamento acústico

Provavelmente um dos pontos mais delicados de uma sala de cinema, e com razão! Um bom isolamento acústico melhora a concentração no ambiente, favorece a privacidade e, de quebra, evita reclamações de vizinhos por causa de barulhos. Os fatores a serem observados são:

Piso

Pisos acústicos são frequentemente utilizados para promover alto isolamento acústico entre salas ruidosas e silenciosas. Existem vários tipos disponíveis no mercado, e em sua maioria, fornecem diferentes facilidade de instalação, toque discreto e longa durabilidade.

Paredes

Especialmente para as paredes, podemos encontrar diversas soluções para melhorar a acústica da sala de cinema no condomínio. Desde revestimento com painéis acústicos, dry wall, fibras naturais ou sintéticas, espuma, até mesmo a aplicação de camadas de cortinas específicas para este fim.

Os painéis acústicos de parede são um meio atraente e econômico de fornecer ao seu local o desempenho de áudio da mais alta qualidade. Já as cortinas acústicas são normalmente feitas de tecidos resistentes, retarda chamas e podem ser usadas com vários sistemas de trilhos para proporcionar maior flexibilidade do que os painéis fixos de absorção de som, além da alta durabilidade e baixa manutenção.

No caso de haver janelas no ambiente, deve-se optar por janelas acústicas anti ruídos. O mesmo vale para a porta, viu?

Teto

O ideal são placas acústicas, que devem ser preferencialmente de cor escura para evitar reflexos da tela. Geralmente essas placas são confeccionadas em fibra de vidro e você encontra opções com bom custo-benefício no mercado hoje em dia.

Outros pontos à observar

Não podemos deixar de fora do projeto questões importantes que podem interferir diretamente na qualidade da experiência proporcionada pela sala de cinema no condomínio. 

A iluminação é um componente essencial e deve ser projetada com cautela. Salas muito iluminadas dificultam ver o que se passa na tela, ao mesmo tempo que ambientes muito escuros pode ser ruim para andar. Uma dica seria instalar as luzes direcionadas para o chão — e não para a tela  —bem como luzes que sejam possíveis de regular a intensidade (melhor ainda se for por controle remoto).

A mobília do espaço também precisa ser bem pensada. Certos materiais acabam ‘reverberando’ as ondas de som, atrapalhando a qualidade. Neste sentido, vale a pena dedicar um tempo para escolher a mobília que fará a composição do ambiente, sobretudo as cadeiras.

Tudo pronto!

Agora que você possuí uma sala de cinema no condomínio, é só pegar a pipoca, se aconchegar na cadeira e curtir seu filme/série favorito, com qualidade e sem incomodar com os barulhos indesejados.

Esse conteúdo foi útil para você? Se inscreva na newsletter abaixo e receba sempre novos materiais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail