Skip to content

Automação residencial: quais os tipos e como funciona?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
automação residencial

A automação residencial já não é algo do futuro, ela está cada vez mais presente na vida de muitas pessoas e empresas, oferecendo diversas funcionalidades tecnológicas que são utilizadas dentro de casas e empreendimentos, transformando em realidade o que antes era apenas um sonho.

Mas, afinal, você o que é e como ela funciona? No conteúdo de hoje vamos explicar quais são os tipos que existem, como elas funcionam e se realmente vale a pena adotar em sua casa ou em seus projetos de arquitetura e engenharia.

Boa leitura!

O que é uma automação residencial

A automação residencial refere-se ao controle automático e eletrônico de diferentes recursos, atividades e eletrodomésticos que também são utilizados em casas, empresas, hotéis e etc. Em outras palavras, significa que você pode controlar de maneira simples e fácil os equipamentos e recursos dos ambientes através da internet, tornando assim, a vida mais confortável, prática e segura, e até mesmo economizando as contas do seu lar.

Por meio de sistemas integrados e da conexão à internet, a automação residencial cria uma casa totalmente inteligente, que com alguns comandos como de voz, por exemplo, ativa diversas funcionalidades. Uma das tecnologias mais importantes nesse processo é a IoT (Internet of Things — em português, Internet das Coisas), que já vem impactando o dia a dia de muitas pessoas.

O objetivo dessa tecnologia é oferecer facilidades e praticidade para as residências através do controle e do gerenciamento remoto, tudo pela tela do celular, tablet ou computador, precisando apenas de uma conexão com a internet. 

Agora para entender quais são os tipos, continue acompanhando com a gente.

Quais são os tipos

Hoje no mercado existem diferentes tipos de sistema de automação residencial, a Alexa e o Google Home são os mais conhecidos e usados no momento. Porém, alguns dos recursos mais comuns disponíveis por intermédio desses sistemas incluem:

  • Monitoramento de incêndio e monóxido de carbono;
  • Controle de iluminação;
  • Biometria;
  • Controle de termostato;
  • Sensores de vazamento de água;
  • Controle de aparelhos;
  • Sistema de irrigação de jardim;
  • Controle de consumo de água e energia;
  • Sistemas e câmeras de segurança para automação residencial;
  • Vigilância de vídeo ao vivo;
  • Sistemas de alarme;
  • Controle de temperatura;
  • Alertas de texto e e-mail em tempo real;
  • Sensores de presença em portas e janelas;
  • Integração com assistente pessoal digital;
  • Entrada sem chave;
  • Controle ativado por voz e entre outros.

Inclusive, temos um conteúdo falando sobre uma startup, a Neomot, que traz a assistente pessoal virtual para todo o edifício, controlando até mesmo os elevadores, gastos de energia e muitas outras coisas úteis. Para conferir, clique aqui.

Como funciona um sistema de automação residencial 

A automação residencial é uma rede de hardware, comunicação e interfaces eletrônicas que trabalham para integrar dispositivos na rotina uns dos outros via internet. 

Cada dispositivo possui sensores que são conectados por Wi-Fi, dessa forma, é possível gerenciar mediante ao smartphone ou tablet, estando ou não em casa, mesmo a quilômetros de distância. Isso permite que você acenda as luzes, tranque as portas, controle a temperatura do ar condicionado ou outras aplicações.

Existem três elementos principais de um sistema de automação residencial: sensores, controladores e atuadores:

  • Os sensores podem monitorar mudanças na luz do dia, temperatura ou detecção de movimento. Os sistemas de automação residencial podem então ajustar essas configurações (e mais) às suas preferências.
  • Os controladores referem-se aos dispositivos — computadores pessoais, tablets ou smartphones — usados ​​para enviar e receber mensagens sobre o status dos recursos automatizados em sua residência.
  • Os atuadores podem ser interruptores de luz, motores ou válvulas motorizadas que controlam o mecanismo ou função de um sistema de automação residencial. Eles são programados para serem ativados por um comando remoto por meio de um controlador.

Leia também: Edifícios inteligentes: você está ligado nessa tendência?

Vantagens em investir na automação residencial

Até agora já trouxemos inúmeras vantagens da automação residencial, não é mesmo? Uma casa com equipamentos totalmente automatizados significa mais praticidade, economia de tempo e dinheiro, além de muito conforto e segurança.

Seja com um projeto completo de automação residencial, com todos os tipos citados acima ou com a adoção de apenas alguns sistemas inteligentes, já é possível notar as vantagens dessa tecnologia, como:

Facilidade no gerenciamento

Gerenciar todos os seus dispositivos domésticos em um só lugar é algo fantástico. Ser capaz de manter toda a tecnologia em sua casa conectada por meio de uma interface e disponível quando você quiser é um grande passo em frente para tecnologia e gerenciamento doméstico.

Melhor funcionalidade do aparelho

Casas inteligentes também poderão ajudá-lo a operar melhor seus eletrodomésticos. Um exemplo dessa ação, é uma smart TV que irá auxiliar a encontrar os melhores aplicativos e canais para localizar sua programação favorita, ajudando a otimizar tempo. 

Em última análise, conectar seus aparelhos e outros sistemas com tecnologia de automação irá melhorar a eficácia do seu aparelho e, no geral, tornar sua vida dentro de casa ainda mais fácil e agradável!

Flexibilidade para novos dispositivos e aparelhos

Os sistemas domésticos inteligentes são completamente flexíveis quando se trata da adaptação de novos dispositivos e eletrodomésticos, além de outras tecnologias. Não importa o quanto os seus aparelhos sejam de última geração hoje, sempre haverá novos modelos surgindo o tempo todo. 

Você provavelmente aumentará seu conjunto de dispositivos conforme substitui os antigos ou descobrirá novas tecnologias para acompanhar seus espaços internos e externos com a automação residencial. 

Ser capaz de integrar os novos aparelhos tornará seu trabalho rotineiro muito mais fácil, permitindo que continue atualizando para a tecnologia de estilo de vida recente e moderna.

Maior eficiência energética

Dependendo de como você usa sua tecnologia, é possível tornar seu espaço ainda mais eficiente em termos de energia, sabia? Por exemplo, caso tenha um controle mais preciso sobre o aquecimento e resfriamento de sua casa com um termostato inteligente que seja programável, você pode colocar o tempo da sua preferência e a temperatura, com isso, é viável configurar a melhor eficiência energética ao longo do dia. 

Outro exemplo são as luzes e cortinas motorizadas, que podem ser programadas para alternar para o modo noturno conforme o sol se põe, ou as luzes podem ligar e desligar automaticamente quando você entra ou sai da sala, para que assim, nunca precise se preocupar com o desperdício de energia.

Maximizando a segurança doméstica

Quando você incorpora recursos de segurança e vigilância inteligentes em sua residência, a proteção de sua casa pode se destacar ainda mais. Existem milhares de opções, mas um bom exemplo do qual é muito usado, são sistemas de automação residencial que podem conectar detectores de movimento, câmeras de vigilância, fechaduras automatizadas e outras medidas de segurança tangíveis em toda a sua casa. Assim, você pode ativá-los em um dispositivo móvel antes de ir para a cama ou ao sair de casa.

Você também pode optar por receber alertas de segurança em seus vários dispositivos, dependendo da hora do dia em que o alerta disparar, e monitorar as atividades em tempo real, seja em casa ou em outro lugar.

Total controle das funções

Poder controlar as funções do seu lar à distância é algo que ninguém mais te tira depois de você já ter experimentado. Em um dia excepcionalmente quente, o sistema de automação é capaz de ordenar que sua casa esfrie antes de chegar do trabalho, tornando assim o ambiente agradável para aproveitar ao máximo sua casa.

Agora que você já sabe o que é uma automação residencial e todos os seus benefícios, que tal se inscrever em nossa newsletter? Basta acessar abaixo para receber sempre novos materiais!

 

Continue lendo:

Gostou do conteúdo?

Se inscreva na nossa Newsletter

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail

Gostou do conteúdo?

Se inscreva na nossa Newsletter

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail