Thórus Engenharia
Gestão de custos com BIM vale a pena?

blog

Gestão de custos com BIM

Gestão de custos com BIM vale a pena?

A gestão de custos com o BIM veio para facilitar diversos processos, e em parceria com o Felipe Jung Doneda, Sócio Executivo da Tático Soluções, preparamos um podcast explicando vários pontos sobre como o BIM ajuda as empresas a ter melhores resultados na construção civil e como a Tático oferece soluções simples e eficazes para uma gestão de custos eficiente, sem sofrimentos, que vão desde a viabilidade até a execução.

Confira o podcast aqui!

Agora, para entender melhor se a gestão de custos com o BIM vale realmente a pena, acompanhe o conteúdo abaixo com a gente. Boa leitura!

O que é BIM?

Vamos recapitular um pouco sobre o que é esse conceito? O BIM significa Building Information Modeling, e ele é muito mais do que uma tecnologia — é um projeto complexo e um processo de construção que ajuda os engenheiros e arquitetos a criarem edifícios inovadores com mais qualidade e segurança.

Confira com mais detalhes aqui.

Por que utilizar o BIM para fazer essa gestão de custo?

A gestão de custos com BIM vai muito além do que apenas diminuir os gastos, também está incluso a otimização de tempo, facilidade na hora de desenvolver planejamentos, compatibilização e modelagem de projetos, segurança e mais qualidade em executar as obras.

O uso BIM traz ainda mais informações para interligar a obra de uma ponta para a outra, de forma que a tecnologia usada é colaborativa e permite a integração dos dados necessários para a gestão de custos completa da obra, fazendo com que todos interajam de maneira  constante com os envolvidos da edificação.

Quais são as vantagens?

Não há dúvidas de que a gestão de custos com BIM traz uma série de benefícios, mas o que se destacam são:

Economia de custos e recursos 

Um benefício significativo da gestão de custos com BIM é que ele fornece estimativas confiáveis dos valores de construção muito antes do início da fase de construção. Ou seja, os engenheiros e arquitetos podem usar ferramentas do BIM para estimar custos relacionados a levantamentos de todos os materiais e serviços que serão usados, análises de riscos e entre outros, gerando assim, uma economia vantajosa.

Maior eficiência e ciclos de vida mais curtos do projeto

Quanto mais rápido você concluir a construção de uma edificação, menos dinheiro gastará no projeto total, não é mesmo? Além disso, terminar um projeto no prazo ou antecipadamente irá acelerar seu retorno do investimento, pois os ocupantes poderão começar a usar o espaço o mais rápido possível. 

Diante desse cenário, a gestão de custos com BIM veio para facilitar os processos, trazendo mais agilidade, eficiência e ciclos de vida mais curtos dos projetos.

Comunicações aprimoradas 

O BIM melhora significativamente a comunicação entre engenheiros, clientes, empreiteiros e outras partes importantes que estejam envolvidas no projeto. Visto que o BIM depende de um sistema de fonte verdadeira e único. Mas o que isso quer dizer? Que todas as informações essenciais, — envolvendo modelos, estimativas e notas de projeto — são compartilhadas e armazenadas em um único lugar, garantindo segurança, otimização e mais qualidade na proposta final.

Outro benefício do BIM é seu uso no local. Os empreiteiros têm acesso ao software BIM em deslocamento, de modo que podem construir o prédio com base nos planos e fluxos de trabalho mais atualizados (isso também reduz os conflitos da obra). É mais fácil visualizar os problemas antes do início da construção, para que os empreiteiros não percam tempo encontrando soluções no local, do que tentar arrumar algo que depois, já não será mais viável.

Por fim, ao fazer a gestão de custos com BIM é possível usar sistemas de comunicação para tornar a construção mais segura e fluida. O BIM permite aos engenheiros prever os riscos em potencial da construção e evitá-las ajustando o planejamento. Os contratados também podem liderar suas equipes com segurança em todas as etapas do fluxo de trabalho e documentar o processo para atender aos regulamentos de segurança e passar nas avaliações no local. 

Mais oportunidades para pré-fabricação e construção modular 

O software BIM é ideal também para fazer modelos de produção detalhados que podem ser posteriormente pré-fabricados. Os engenheiros possuem mais oportunidades de projetar construções modulares que se encaixam perfeitamente na realidade do cliente, que incluem cálculos de tolerância complexos. Isso, por sua vez, pode economizar tempo e dinheiro, pois os empreiteiros gastam menos tempo construindo peças do zero no local. 

Resultados de alta qualidade e eficiência

Já deu para notar todos os benefícios da gestão de custos com BIM e como eles trazem mais eficiência e qualidade na construção e design da obra, não é mesmo? Além disso, os clientes também percebem essa diferença na hora de usufruir do seu espaço a curto e longo prazo. 

A utilização do BIM torna os cálculos e modelos mais específicos e precisos, o que acaba resultando em uma estrutura de maior qualidade e resistência.

O que ele ajuda no seu projeto

E por incrível que pareça, muitas construtoras ainda não conseguem identificar como a tecnologia BIM pode realmente trazer ganhos e, acham ser um investimento muito alto para se aplicar. Porém, já provamos aqui em nosso blog por A mais B, que a gestão de custos com BIM vale totalmente a pena.

Fato é que os projetos feitos através do BIM podem ter um valor inicial bem mais alto por conta que o planejamento é feito de maneira precisa e totalmente conectado com todas as etapas, mas no fim, isso acaba gerando uma economia na obra, devido ao investimento nessa tecnologia.

Contudo, uma pesquisa feita pelo Stanford University Center for Integrated Facilities Engineering (CIFE) em 32 projetos de grande porte nos Estados Unidos, indicou reduções significativas de custos com o uso do BIM, como:

  • Eliminação de até 40% das mudanças orçamentárias não previstas;
  • Estimativas de custo com imprecisões de até 3%;
  • Até 80% de redução de tempo gasto na elaboração de estimativas de custo;
  • Até 7% de redução no tempo de projeto. 

As diferentes possibilidades que o uso do BIM traz na vida dos profissionais da construção civil são diversas, como na redução de custos, que faz a inclusão de quantitativos de insumos na fase de projeto, oferecendo uma precisão e previsão na compra de materiais.

Para conferir mais conteúdos como este, acesse nosso blog e fique por dentro de todas as novidades do mundo da engenharia!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail