Thórus Engenharia
Edifício inteligente: a humanização da tecnologia proporcionada pela Neomot

blog

Edifício inteligente: a humanização da tecnologia proporcionada pela Neomot

Edifício Inteligente é o nome que se dá para construções que proporcionam aos habitantes maior economia, segurança e conforto através de soluções integradas, utilizando fontes alternativas de energia e comunicação entre os sistemas.

Neomot é uma viabilizadora, permite que projetos de outras construtoras possam oferecer algo tão escasso nos dias de hoje: mais tempo para viver. Para entender mais sobre essa construtech e como essa tecnologia pode ser adequada ao seu edifício, continuamos nossa série “Qual problema sua construtech resolve?” com a Neomot.

O futuro da tecnologia chegou

A Neomot acredita que temos atualmente todas as ferramentas necessárias para reescrever um mundo cheio de soluções. Internet das Coisas e Big Data são ferramentas poderosas para melhoria do cotidiano, mas além de permitir grandes mudanças elas podem contribuir na construção de um mundo melhor e com mais qualidade de vida.

A premissa agora é inversa, não mais as pessoas precisam se adaptar as tecnologias, e sim, as tecnologias se adaptarem as pessoas. É o que Gustavo Zolet, CEO e Fundador da Neomot explica e dá o nome de humanização da tecnologia, utilizar ela em favor do ser humano.

Os Smart Buildings, termo em inglês para edifícios inteligentes, são um bom exemplo disso. Assim como os smartphones revolucionaram nossa vida, acredita-se que os edifícios inteligentes também farão.

Imagine sensores que detectam a quantidade de ocupantes em uma sala e preparam o ambiente, adaptam a temperatura e apagam as luzes quando a sala estiver vazia.

No estacionamento, seu celular te direciona para a vaga ideal; ao estacionar o carro; o elevador é automaticamente acionado para que você não perca tempo na espera; na portaria, o reconhecimento facial libera sua entrada. Parece um filme futurista, mas é apenas a realidade da maior tendência dos próximos anos.

Os três pilares de um sistema para edifícios inteligentes da Neomot

Os edifícios inteligentes da Neomot foram criados para atender as pessoas que moram, trabalham ou frequentam um prédio. A missão da empresa é oferecer algo essencial nos dias atuais, visando facilitar a forma com que o ser humano lida com suas tarefas diárias, entregando então conveniência, agilidade e inteligência.

Para dar vida aos edifícios, três pilares são fundamentais:

  1. Equipamentos: A instrumentação necessária para transformar seu prédio em um edifício inteligente, como elevadores, painéis e o cubo.
  2. Softwares: Zeus, Anna e Neo são mais do que assistentes virtuais, são eles que dão vida ao edifício e fazem tudo funcionar de forma adequada.
  •  Zeus: é um sistema distribuído de Software (Local + Nuvem) que monitora e dá suporte a todos os edifícios inteligentes da Neomot.  Ele se comunica com os equipamentos, coleta dados, armazena informações, analisa, processa e toma decisões que auxiliam no funcionamento do edifício inteligente.
  •  Anna: é a personificação do edifício inteligente. Ela te mantém informado sobre tudo o que acontece no seu condomínio. ​Atualmente, ela se comunica através de mensagem de texto no aplicativo Neo e SMS, realiza a confirmação de serviços contratados; reporta avisos de emergência e do síndico.
  • Neo: é ele que faz o intermédio da relação da Anna com cada pessoa que utiliza o edifício inteligente, por meio de aplicativo. Pode chamar o elevador de onde estiver, verificar seus consumos de água, luz, gás e energia, contratar serviços de limpeza e manutenção, reservar áreas de uso comum: salão de festa, por exemplo.

3.Serviços: prestar todo atendimento e manutenção dos equipamentos instalados.

O Cubo: gerador sustentável “que não te deixa na mão”

O Cubo é um sistema de Gestão de Energia da construtech,  que utiliza a mesma engenharia usada em carros elétricos.

  • ​Ele absorve a energia proveniente das frenagens do elevador do edifício, proporcionando economia de energia elétrica;
  • Assegura que o elevador continue funcionando mesmo na falta de energia elétrica e também fornece energia para as áreas essenciais do edifício. Assim, além do elevador, portões de garagem, bombas d’água e iluminação também podem continuar funcionando por até um dia inteiro;
  • Os equipamentos conectados no Cubo ficam imunes a oscilações na rede elétrica, isso reduz o gasto em manutenção de equipamentos danificados por instabilidades no fornecimento de energia;
  • Pode ser abastecido por placas solares.

Como transformar meu edifício em um edifício inteligente?

O edifício inteligente pode ser planejado na etapa da construção ou até mesmo ser adaptado após o término da obra. Caso todos os utensílios (elevador, portão, bomba da água, etc) já estejam instalados o processo é ainda mais fácil, demandando apenas a interconexão dos mesmos através de cabos de redes. Do ponto de vista construtivo são realizadas pouquíssimas alterações na estrutura do edifício.

Apesar da dependência com a conexão de internet, no caso de queda de conexão, por exemplo, todos os sistemas seguem funcionando perfeitamente. O único prejuízo será em relação a comunicação entre eles ou comunicações externas que não serão realizadas até o retorno da rede.

Saiba mais sobre planejamento de obra!

Quanto custa um sistema do Neomot para tornar meu edifício inteligente?

O sistema da Neomot é composto por equipamentos individuais, ligados pela rede de dados. Dessa forma, podem ser adquiridas partes do sistema ou ele completo. Por isso, os valores podem variar. É necessário que cada situação seja avaliada pela equipe da construtech, considerando a estrutura e os equipamentos solicitados.

Entretanto para que seu edifício realmente se torne inteligente, é indicado que todo o sistema da Neomot seja adquirido em conjunto, proporcionando melhoras na gestão e mais praticidade aos moradores.

Se interessou pela proposta da Neomot? Quer entender mais sobre edifícios inteligentes? Não deixe de ouvir o episódio 12 do podcast Cenário Construtivo. Nós conversamos com o Gustavo para descobrir mais sobre essa nova tendência de mercado.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail