Thórus Engenharia
O que é e como funciona o sistema de recirculação de água quente?

blog

O que é e como funciona o sistema de recirculação de água quente?

Em um edifício com aquecedor a gás, a água quente demora alguns minutos até chegar no ponto de consumo. Isso varia dependendo da distância entre o ponto e a localização do aquecedor. Por isso, um sistema de recirculação de água quente pode ser a solução.

Quando o ponto de utilização é fechado, a água fica acumulada na tubulação, o que faz com que a temperatura caia, então quando é aberto novamente essa água precisa sair para que a água aquecida chegue no ponto.

Quando há um sistema de recirculação de água quente instalado, essa água que fica acumulada na tubulação retorna para o aquecedor, fazendo com que a água fique sempre aquecida, diminuindo assim a espera e o desperdício. Por isso, vamos te explicar o que é esse sistema, como ele funciona e as vantagens e desvantagem de utilizá-lo.

Entenda sobre os aquecedores a gás!

O que é o sistema de recirculação de água quente?

O sistema de recirculação de água quente é composto por o controlador digital, a bomba de circulação e o sensor de temperatura. Juntos, eles fazem com que a água parada na tubulação, retorne para o aquecedor. Assim, quando o ponto de consumo é aberto, a água já estará aquecida, evitando desperdícios e economizando tempo.

Em casos mais complexos, em empreendimentos de maior porte, existe um componente chamado de vaso de expansão que é responsável pela absorção do excesso de pressão no sistema.

O controlador digital é o componente responsável pela configuração do sistema. É possível programar o acionamento ou desligamento da bomba, o uso da recirculação e ainda obter informações sobre a temperatura da água.

A bomba de circulação é responsável por fazer com que a água na tubulação retorne para o aquecedor. Já o sensor de temperatura é um dispositivo que mede a temperatura na tubulação e manda essa informação para o controlador digital.

Tipos de Acionamento do sistema de recirculação

Existem várias formas de acionamento do sistema: o acionamento manual, o acionamento pela temperatura e o acionamento por horários. Vamos te entender cada um!

  • Acionamento manual: como o nome sugere, é feito pelo usuário, pouco antes da utilização da água quente através de um botão.
  • Acionamento pela temperatura:  funciona com a configuração de uma temperatura padrão. Quando o sensor capta uma diferença de 5 graus, ele é acionado e a bomba é ligada.
  • Acionamento por horários: é baseado na rotina do usuário e é configurado conforme a necessidade. Em determinados horários previamente programados o sistema é acionado automaticamente. É a maneira mais comum de utilização, já que só funcionará se o sensor de temperatura verificar que a temperatura da água na tubulação está baixa.

Quais as vantagens e as desvantagens do sistema de recirculação de água quente?

Uma das principais vantagens da utilização de um sistema de recirculação de água quente, é sem dúvida, a economia de água gerada. Não será preciso esperar a água fria sair da tubulação para a água quente chegar até o ponto de utilização, evitando o desperdício. Pelo mesmo motivo, o conforto térmico do usuário é mais um ponto de destaque desse sistema.

Saiba mais sobre como evitar o desperdício de água no seu edifício!

Como desvantagem temos a questão do espaço necessário para instalação do sistema. Além do aquecedor a gás, temos os outros componentes necessários para o funcionamento, sendo esse o motivo mais comum para não instalação do sistema.  Abaixo um detalhe de como funciona a instalação hidráulica com o sistema de recirculação e sem ele.

Se esse conteúdo foi útil para você, compartilhe! Não deixe de assinar nossa newsletter para receber sempre conteúdos atualizados sobre a construção civil!

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail