Thórus Engenharia
8 lições que construtoras e incorporadoras podem tirar de Elon Musk

blog

8 lições que construtoras e incorporadoras podem tirar de Elon Musk

Você já deve ter ouvido falar de Elon Reeve Musk. Líder de diversas empresas em diferentes áreas e conhecido por trabalhar mais de 100 horas por semana, Elon Musk possui uma fortuna avaliada em 22,1 bilhões de dólares. Quer saber o que você, construtor, pode aprender com a história deste visionário? Listamos abaixo algumas lições que tiramos de sua biografia e como aplica-las em seu próximo empreendimento. Vamos lá?

Paypal

Em março de 1999, após vender a parte de sua primeira empresa – a Zip2 – por $ 22milhões, fundou a X.com. Investiu $ 12 milhões, a maior parte do seu patrimônio nesse novo negócio, um banco digital.

A maioria das pessoas achou o movimento muito arriscado. Ele enfrentava na época os bancos tradicionais, que tinham muito mais recursos, e ainda teria muitos problemas burocráticos para conseguir viabilizar seu negócio. Há 21 anos atrás, quem colocaria seu cartão de crédito na internet?

Em novembro de 1999, Musk conseguiu uma licença bancária e começou a operar como um dos primeiros bancos online do mundo. Mas logo no início começou a disputar muito o mercado com a Confinity, na época conhecida como PayPal. Em março de 2000, decidiram fundir as duas empresas. Elon Musk assumiu como CEO da Empresa, mas foi retirado pelo conselho no final do mesmo ano. Finalmente, em junho de 2001, a empresa foi vendida para o eBay, por S 1,5 bilhão, sendo que o Elon Musk ficou com $ 180 milhões após o pagamento dos impostos.

Lição 01

Ao entrar no mercado de bancos digitais, Elon Musk enfrentou diversos problemas burocráticos, mas quando conseguiu superá-los, teve retornos sensacionais. Sabe aquele terreno que está em uma área complicada, com faixas não edificáveis ou problemas de alagamentos, se você conseguir superar esses impedimentos pode ter um empreendimento único?

Lição 02

Seu principal concorrente não dá sossego? Está precisando investir muito para ganhar mercado? Ao se juntar com a Paypal, Musk acelerou muito os seus ganhos, e mesmo perdendo o controle da empresa, em pouco mais de 2 anos conseguiu multiplicar muito seu patrimônio. Já pensou em que seus concorrentes podem te complementar?

Space X

Após a venda do Paypal, Musk começou a se interessar pelo espaço. Ao ver quanto custava para fazer um foguete se assustou com os valores. Nas suas contas ele afirmou que poderia montar um foguete com apenas 3% daquele montante assustador. Contratou alguns engenheiros já com experiência e entusiasmados com a ideia, e mesclou com engenheiros recém-formados para fundar a Space X.

No início focou em produzir o motor, uma das partes mais caras do foguete. Durante o processo foi internalizando uma série de tecnologias. O computador que operou os primeiros foguetes da Space X custou aproximadamente $ 10 mil, contra $ 10 milhões dos computadores da NASA.

Os foguetes da Space X falharam nas 3 primeiras tentativas de lançamento, conseguindo o primeiro voo para o espaço somente em 2008. A Space X rompe barreiras na redução de custos para a produção dos foguetes, e está mudando toda a tecnologia espacial. Em dezembro de 2015 lançou o primeiro foguete orbital da história que conseguiu retornar e pousar verticalmente na Terra.

Lição 03

A inovação não precisa ser colocar um elevador inteligente ou automatizar o apartamento. Ao desmembrar todos os custos dos foguetes, Elon Musk entendeu que inserindo diferentes componentes e tecnologias, poderia mudar totalmente o mercado.

Você já pensou como pode ser alterada a forma de construir seu empreendimento? Fazer as paredes no chão e levantar? Utilizar Drywall, madeira ou outras formas de construção a seco nas vedações dos seus empreendimentos? Mesclar a montagem in loco com sistemas pré-fabricados para trazer ganhos de produtividade e controle de materiais, além de reduzir os riscos envolvidos no processo?

Tesla Roadster

Em 2003 os fundadores da Tesla, uma empresa que pretendia fabricar carros elétricos esportivos, procuraram Elon Musk para investir $ 7 milhões. Dois dias após esta conversa, Musk decidiu investir $ 6,5 milhões, se tornando o maior acionista da empresa. A equipe da Tesla foi montada sem ninguém com experiência na indústria automotiva, mas contrataram engenheiros apaixonados por carros.

O plano original era pegar um Lotus Elise e equipá-lo com um motor elétrico. Em janeiro de 2005 os 18 funcionários da Tesla finalizaram o protótipo, porém o carro não agradou ao público. Nos anos de 2005 e 2006 a Tesla fez mais duas rodadas de investimentos, onde Elon Musk investiu mais $ 21 milhões. A empresa decidiu abandonar o projeto original e criar do zero um carro que deveria ter um design único e que agradasse ao público.

Em julho de 2006 a Tesla finalmente lançou o Roadster, pelo valor de $ 90mil. Os carros eram vendidos sob encomenda, havendo lista de espera para comprar o carro.

Após o lançamento, a Tesla enfrentou vários problemas com a sua cadeia de fornecedores e analistas financeiros calcularam que estavam gastando quase $ 200 mil na fabricação de cada unidade, que estava sendo vendida pela metade deste valor. Após duas trocas de CEO da Tesla, Musk entrou pessoalmente na operação da Tesla afim de reduzir o custo na linha de montagem e entregar um excelente carro pelo valor de $ 90mil.

Lição 04

Ao investir na Tesla, em um mercado que praticamente não existia, Elon acreditou na ideia e no potencial da equipe e investiu. As melhores decisões não precisam levar 1 ou 2 meses para serem tomadas, com as perguntas certas podemos tomar qualquer decisão em menos de uma semana.

Lição 05

Não desista no primeiro fracasso! O projeto original da Tesla não funcionou, mesmo assim Elon continuou acreditando até entrar na operação para fazer funcionar. Muitas vezes um empreendimento diferente não vende na primeira oportunidade, ou custa mais caro do que o esperado. Não desista do modelo de negócio, até se certificar tudo o que pode ser mudado para ser lucrativo.

Tesla Model S

No ano de 2009, após validar a demanda de carros elétricos com o Roadster, a Tesla começou a trabalhar no Model S e anunciou que ele seria entregue em 2010.

Ainda no ano de 2009, durante a crise do crédito imobiliário americano, a GM e a Toyota decidiram fechar sua fábrica conjunta na California. Vendo como uma oportunidade, Musk se aproximou da Toyota e comprou a fábrica por $ 42 milhões, e ao mesmo tempo vendeu 2,5% da participação da Tesla por S 50 milhões para a Toyota. Agora a Tesla tinha uma fábrica de ponta, praticamente sem nenhum investimento.

Após dois anos de atraso, em 2012, a Tesla finalmente lançou o Model S, um carro com autonomia de 500km, que ia de 0 a 100km/h em 4,2 segundos, e com design surpreendente.

Lição 06

Não pare no sucesso do seu empreendimento! Logo após conseguir validar uma inovação de mercado, faça uma versão ainda melhor do seu novo empreendimento.

Lição 07

Hoje estamos vivendo a crise do Corona vírus, e você terá oportunidades de comprar terrenos ou até empreendimentos já iniciados por valores incríveis. Não tem dinheiro em caixa? Será que não vale vender uma participação do seu negócio ou do empreendimento para conseguir aproveitar uma grande oportunidade?

Tesla Tecnologias

A Tesla entrou no mercado de carros elétricos quando estes eram conhecidos por serem pequenos, lentos e com pouca autonomia. Eles trouxeram um design moderno, com desempenhos que superam carros esportivos, diferenciando-se muito do mercado.

Eles foram a primeira empresa a colocar piloto automático nos carros. No início ocorreram acidentes e até sofreram alguns processos por isso. No entanto, foram estes contratempos e a busca pela melhoria que os tornaram referência de mercado por isso.

Lição 08

A Tesla revolucionou o mercado dos carros elétricos. E você, como pode mudar totalmente o conceito de apartamentos e forma de morar do seu próximo empreendimento?

Estamos em uma época onde muito se fala em inteligência artificial, e da mesma forma que os automóveis e alguns acessórios a incorporaram, é possível fazê-lo para os edifícios. Prédios inteligentes, que aprendem e se adaptam à rotina e aos hábitos dos moradores já são realidade e podem ser um excelente diferencial do seu empreendimento.

Elon Musk além das histórias acima hoje investe em painéis solares com a Solar City, em transporte de massa com a Hyperloop e Inteligência artificial com a OpenAI. Acredito que ele mudará muito a forma com que vivemos nos próximos anos e trará muito mais inspiração.

Vamos colocar estas lições em prática? Se você gostou, deixe seu comentário, que vamos continuar trazendo inspiração para o mercado da construção civil.

Um abraço e até a próxima.

Uma resposta

  1. Gostaria de ver Elon Musk na construção civil cujos construtores desafiam Einstein e Proust:
    1. insano fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.
    2. porque praticar erro antigo antigo com tantos novos a escolher
    Com Elon Musk, deficit de 7.000.000 de MIS novas e estoque de 11.000.000 de inadequadas uma oportunidade para quem souber e quiser usá-la.
    [ ] xisto de medeiros filho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail