Thórus Engenharia
Drywall: o que é e quais as principais vantagens de utilizá-lo

blog

Drywall: o que é e quais as principais vantagens de utilizá-lo

O drywall, no português, parede seca, é uma estrutura de aço galvanizado, que recebe em cada lado chapas de gesso acartonadas. Essas chapas são parafusadas na estrutura, e entre elas são colocados os materiais de isolação de som e temperatura. O drywall é muito versátil e faz parte do método construtivo industrialização da construção.

As paredes de Drywall são compostas por guias de piso, parede e teto, e possui montantes, como mostra a imagem abaixo:


Imagem: Casa Brasil

A matéria-prima dessa tecnologia, usada nas chapas, é o gesso.. Além de ser muito resistente quando misturado à água, esse material é mais sustentável e não gera descartes tóxicos ao meio ambiente.

O drywall apresenta somente 5% de resíduos na obra, se comparado aos métodos de construção tradicional, pois ele faz parte da categoria de construção à seco, em que a construção é feita utilizando instalações e estruturas pré-fabricadas.

Tipos de Chapa

Existem três tipos de chapas de drywall, cada uma com uma função específica.

Chapas brancas

São utilizadas como forros e paredes em ambientes secos.

Chapas verdes

Levam em sua composição silicone e aditivos fungicidas, para que possam ser instaladas em áreas úmidas.

Chapas rosas

Apresentam maior resistência ao fogo devido à presença de fibra de vidro na composição, por isso, devem ser utilizadas ao redor de lareiras e em bancadas de cooktop.

 

Tipos de instalação

Fixação no forro

Os painéis são parafusados na estrutura de aço galvanizado.

Painéis prontos

Os revestimentos já estão inclusos, dispensando a etapa de acabamento.

Parede sobre parede

A placa é instala sobre a parede de alvenaria, permitindo nivelamento das superfícies tortas e aumento do conforto termoacústico.

 

Quais as vantagens de utilizar as paredes drywall?

Além da questão da sustentabilidade, citada anteriormente, esse tipo de parede apresenta maior leveza, ao contrário das paredes de alvenaria. Isso alivia a carga da estrutura, impactando diretamente no cálculo estrutural

O drywall permite também maior flexibilidade das plantas, tornado mais simples fazer a remoção ou instalação das vedações dos ambientes. E é muito mais fácil caminhar com as instalações elétricas e hidráulicas do seu projeto.

Leia também: Você sabe como fazer a instalação elétrica em paredes de drywall?

É muito importante se atentar se na instalação foi colocado o isolamento de temperatura e som, pois o drywall, sendo uma placa fina de gesso, apresenta pouca capacidade de absorção térmica. Por isso, confira, se entre as placas de gesso, foram colocadas as camadas isolantes.

Seguindo o procedimento correto de instalação, é possível atingir uma eficiência igual ou superior a dos tijolos nesse quesito de isolamento térmico e acústico.

 

Como começar a utilizar as paredes drywall?

Por mais que a tendência de construção à seco esteja a passos lentos no Brasil— sendo um dos motivos o preconceito comercial ao drywall — existem algumas empresas fornecedoras que o comercializam, como:

MF Gesso: mfgesso.com/drywall-em-joinville/

Leroy Merlin: leroymerlin.com.br/drywall

Montplac: montplac.com.br/

Trevo Drywall: trevodrywall.com.br

Por fim, a utilização do BIM pode te ajudar, e muito, caso queira incorporar paredes ou tetos de drywall em seu projeto, já que a visão 3D ajuda na hora de realizar simulações, se tornando essencial para prever o comportamento das peças na construção. Além disso, o BIM permite a inserção das informações dos lotes das placas de gesso fornecidas, para que, em casos de manutenção, sejam rastreados os lotes com problema.

Se você curtiu esse conteúdo, não deixe de assinar nossa newsletter e acompanhar nossos conteúdos sobre o setor da construção civil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail