Thórus Engenharia
Como a tecnologia BIM pode ajudar a sua obra?

blog

Como a tecnologia BIM pode ajudar a sua obra?

Hoje em dia os engenheiros e outros profissionais da área da construção tem procurado maneiras para melhorar as ações e tarefas, além da colaboração com todas as partes interessadas no projeto para encontrar a forma mais econômica e otimizada de concluir projetos complexos e construir edifícios inteligentes, e é aí onde a tecnologia BIM entra.

Diante de todos os obstáculos encontrados, empresas e profissionais estão recorrendo à tecnologia para ajudar a sobreviver a esses tempos desafiadores. O Building Information Modeling (BIM) — também conhecido como Modelo da Informação da Construção — é uma solução de tecnologia que ganhou popularidade nos últimos anos e tem transformado a rotina de diversas empresas.

Mas para ficar melhor por dentro desse assunto e como o BIM pode ajudar na sua obra, continue o conteúdo com a gente. Vamos lá?

O que é BIM?

A tecnologia BIM (Building Information Modeling) nada mais é do que um grande banco de dados, que padroniza as informações adicionadas por todos os profissionais envolvidos no empreendimento. Neste banco de dados são definidos itens mais básicos, como posição no espaço, tamanho, custo, cor e tempo que será utilizado na obra, até itens mais complexos como propagação de som, luz e calor.

Nele, é possível utilizar diversas ferramentas, como por exemplo o Revit, Navisworks, Archicad, Altoqi e TQS para inserir, editar ou ler informações do projeto. Aqui é possível conferir outras ferramentas BIM e entender para que cada uma funciona.

Agora que você já sabe o que é o BIM, saiba onde ele pode ajudar na sua obra.

Compatibilização – Menor número de erros

Este é um dos principais benefícios do BIM, a diminuição de erros, que utilizam recursos como o clash, que está disponível em diversos softwares, como Revit, Navisworks e Solibri. Nele, é possível fazer a verificação de conflitos entre as instalações, estrutura e arquitetura, além de possibilitar uma visualização mais ampla e detalhada dos problemas.

Projetos mais visuais, melhorando o entendimento e agilidade da obra

As ferramentas possibilitam gerar diversos detalhes em 3D diretamente do modelo, facilitando a visualização e compreensão das instalações.

Além disso, quanto mais rápido você concluir a construção de uma estrutura, menos dinheiro gastará no projeto geral, certo? Ou seja, visualizar e entender de antemão todos os detalhes do projeto, faz com que ele seja concluído no prazo ou até mesmo antes.

Com o BIM, os profissionais da construção (engenheiros e arquitetos) podem projetar edifícios com mais agilidade e iniciar a construção mais cedo. Fluxo de trabalho aprimorado e outras eficiências também aceleram o projeto. 

Agilidade na hora de tirar dúvidas, através de tablet e smartphone

Diversas ferramentas como o Tekla Field3D, Navisworks, Dalux e o BIMx possibilitam a visualização rápida dos sistemas, esclarecendo dúvidas que podem surgir no decorrer do processo.

Quantitativos do modelo 

É possível extrair de forma rápida a lista de materiais direto do modelo de forma mais precisa, gerando uma relação de compras por etapa da obra e verificação da utilização do material.

Com essa lista em mãos, é possível ter informações mais precisas dos quantitativos, fazendo com que os processos de construção sejam menos suscetíveis à desperdício de materiais.

Impacto do BIM na construção verde

Você sabia que a tecnologia BIM apoia práticas de construção sustentáveis? Pois é, ele ajuda a ​​reduzir o desperdício de materiais e insumos, gerenciando os recursos hídricos e minimizando o consumo de energia. 

Ao permitir que as partes interessadas coordenem totalmente os componentes do edifício em 3D antes da fase de construção, ele ajuda a reduzir os pedidos de alteração e revisões, que podem ser caros e demorados.

Integração com softwares de orçamento e planejamento

Como o BIM armazena as informações do empreendimento (banco de dados), é possível integrar de forma relativamente simples os dados do empreendimento com softwares de gestão de obra como Sienge, Navisworks, EVOP, entre outros.

Integração de ferramentas – Simulações

Integrando diversas ferramentas de orçamento, planejamento e modelagem, é possível fazer simulações do tipo de material e do período de execução de cada etapa, ajustando o cronograma físico e financeiro, melhorando as margens monetárias do empreendimento.

Além destas aplicações, existem dezenas de outras possibilidades, como simulação de propagação de som, conforto ambiental, gerenciamento de vida útil dos equipamentos para futuras manutenções e até situações bem mais complexas de integração.

Essas interações vão gerar ordens de compra extraídas diretamente do modelo, como faz a Camargo Corrêa Desenvolvimento Imobiliário, que necessitou de uma mudança diferenciada na cultura da empresa em torno das ferramentas.

Se quiser entender melhor como funciona essa tecnologia na prática, que tal entrar em contato com a gente e fazer uma avaliação gratuita do seu projeto arquitetônico? Ficaremos contentes em poder ajudá-lo! 

Se quiser entender na prática a aplicação desta tecnologia, baixe nossos eBooks: “Os 5 primeiros passos para implantar BIM na sua obra.” e “3 razões pelas quais o seu setor de compras precisa de projetos em BIM.

Aproveite e assine nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades!

 

 

Cristiano Schneider

Engenheiro Civil, Sócio fundador da Thórus Engenharia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail