Thórus Engenharia
Seu canteiro de obras digitalizado: conheça a Construcode

blog

construcode

Seu canteiro de obras digitalizado: conheça a Construcode

Cada vez mais as pessoas tem trocado os papéis por tablets e smartphones. Pensando nisso, a Construcode traz uma solução para o uso das plantas baixas impressas no canteiro de obras, otimizando e automatizando os processos no setor da construção. Por isso, continuando nossa série “Qual problema sua construtech resolve?” vamos conhecer mais sobre a Construcode, essa startup que promete digitalizar seu canteiro de obras com etiquetas QR Code.

Como a Construcode digitaliza meu canteiro de obras?

O objetivo da Construcode é melhorar os processos de comunicação entre todas as partes envolvidas na obra, trazendo mais eficiência. Por isso, o processo de utilização do aplicativo é muito simples.

O primeiro passo é adicionar as informações da sua obra, dividir por áreas, pavimentos e disciplinas. Para isso, a equipe da startup oferece um treinamento com um consultor que auxilia nessa primeira etapa.  Além disso, é possível realizar a integração com o software de gestão que a sua empresa já utiliza para exportação dos dados.

Depois que as informações já foram adicionadas, é só gerar uma etiqueta QR Code para cada disciplina do projeto e as colocar nos pontos da obra mais convenientes. Para acessar os conteúdos basta mirar um smartphone ou tablet para etiqueta.

Todas as atualizações no projeto podem ser feitas remotamente, sem necessidade de trocar a etiqueta no canteiro de obras. Dessa forma, a obra sempre acessará a última versão do projeto disponibilizado pelo escritório.

O aplicativo também possui outras funcionalidades, como um painel de gestão em modelo dashboard que permite o mapeamento de padrões e identificação de possíveis falhas, a marcação de comentários em pontos específicos da planta no caso de dúvidas, dificuldades ou comentários, e o registro das atividades diárias e andamento da obra.

É possível integrar projetos BIM ao aplicativo?

Assim como todos os outros arquivos são importados para o aplicativo, arquivos BIM também podem ser facilmente adicionados. O processo é o mesmo: basta inserir o arquivo no local correspondente para ele ser atualizado na etiqueta QR Code da disciplina e ser visualizado na obra.

Diego Mendes é CEO e Co-Fundador da Construcode e explica que a ideia é incentivar o desenvolvimento do BIM no canteiro de obras. Por isso mesmo, o acesso é simples e o aplicativo consegue ler arquivos de várias extensões como IFC, RVT e DWFX.

Por que utilizar a Construcode na minha obra?

Entre os vários benefícios oferecidos pelo aplicativo, Diego pontua que “devolver tempo” é o principal. Conforme dados da Deloitte, os colaboradores da construção civil gastam apenas 32% do tempo de trabalho em atividades que realmente agregam valor. Por isso, o foco da Construcode é conseguir reduzir o tempo e o dinheiro gasto com retrabalhos causados por projetos desatualizados.

Um diferencial do aplicativo é que as informações podem ser acessadas mesmo sem internet no canteiro. Ou seja, independente de online ou offline, seus projetos continuarão atualizados quando acessados da obra.

Com um sistema simples e rápido de ser utilizado, a Construcode tenta diminuir ao máximo o uso de plantas impressas no canteiro e consequentemente a chance de erros. Apesar disso, quando for necessário ter a planta impressa, o próprio aplicativo os monitora e possui uma ferramenta de rastreabilidade para evitar que o documento seja perdido ou esquecido.

A Construcode oferece diversos planos e possibilidades, permitindo contratar o serviço ideal para sua obra. O contato comercial pode ser feito pelo site da startup.

Como surgiu a Construcode?

Diego Mendes conta que cresceu aprendendo sobre empreendedorismo com os pais. Apesar de ter feito outros planos profissionais, a vontade de empreender sempre existiu. Diego iniciou sua carreira como Analista de Sistemas e depois se formou Engenheiro Civil. “Eu comecei a ver uma série de problemas que podiam ser resolvidos com tecnologia”, explica.

Durante suas experiências como engenheiro, Diego percebeu a dificuldade de comunicação entre escritório e obra e começou a se questionar sobre o uso das plantas baixas impressas e a complexidade do processo para alterá-las. “O papel fica sujo, molha, rasga, é limitado e fica defasado muito rápido”, afirma Diego.

Pensando nisso, Diego e seu amigo Leandro Mascarenhas desenvolveram uma forma de digitalizar esses processos para trazer mais dinamismo, automação e garantir mais produtividade para a construção. Criaram a Construcode!

A construtech passou por alguns processos de aceleração, entre eles o da Vedacit Labs, fase que Diego pontua como essencial para o crescimento da startup. O volume de vendas durante o programa aumentou aproximadamente oito vezes, possibilitando inclusive os primeiros retornos para os investidores anjo da construtech. Após o programa, Diego recebeu o convite para fazer parte do time da Vedacit como Gerente Executivo de Desenvolvimento de Negócios.

Gostou da Construcode? Quer saber mais? Escute nossa conversa com o Diego no podcast Cenário Construtivo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail