Thórus Engenharia
O uso de inteligência artificial na construção civil: conheça a NextCam

blog

NextCam

O uso de inteligência artificial na construção civil: conheça a NextCam

Utilizar inteligência artificial (AI) e visão computacional para assegurar e planejar a segurança do trabalho na construção civil é o que a NextCam faz! O software desenvolvido permite avaliar riscos, checar a utilização de EPI’s ou quem entra e sai da obra, por exemplo. Para entender mais sobre isso, continuamos nossa série “Qual problema sua construtech resolve?” com a NextCam.

Como a NextCam utiliza a inteligência artificial para segurança do trabalho na minha obra?

Com foco em reduzir o risco de acidentes na construção civil, o sistema da NextCam funciona de forma simples para os usuários. Algumas câmeras são instaladas em pontos estratégicos da obra e elas fornecem a visão completa do comportamento relacionado à segurança e até mesmo produtividade no canteiro por meio do software desenvolvido.

O passo inicial é a instalação e cadastro dos trabalhadores, após realizado esse processo, é possível acompanhar se o uso de EPI’s está sendo feito adequadamente, quem entra e sai da obra, se o funcionário atende ao treinamento necessário para cada função, entre outros indicadores.

O diferencial do serviço oferecido pela empresa, é que além de você visualizar e ser notificado em casos de eventos na obra. Você consegue avaliar a situação de um ponto de vista macro e assim identificar falhas, padrões, criar processos e um planejamento preventivo para que todas as etapas da sua obra atendam as normas, quesitos referentes à segurança do trabalho e prazos estabelecidos.

Além disso, uma redução no número de processos trabalhistas e as possibilidades de geração de evidências para checagem se o trabalhador está seguindo o recomendado também são benefícios oferecidos por essa construtech.

O que é preciso para utilizar o serviço da NextCam?

A construtech desenvolveu um sistema com usabilidade intuitiva, em uma plataforma web, facilitando o acesso às informações geradas. Por isso, nenhum tipo de treinamento é necessário para começar a usar o sistema.

Além disso, o sistema pode ser instalado e configurado para utilização em câmeras já existentes na obra ou contratar o sistema com as câmeras da NextCam. Em qualquer uma das opções, internet não é um problema, já que é possível criar um ponto de rede nas câmeras para o funcionamento adequado do sistema.

A instalação também é simples. Basta fixar as câmeras nos pontos indicados pela equipe da startup e liga-los a rede elétrica. Vale ressaltar e o número de dispositivos necessários é relativo a cada obra, porém, não significa que sua obra necessitará de uma quantidade enorme de câmeras.

As novidades desenvolvidas com o uso de inteligência artificial

No momento atual em que vivemos, de pandemia do coronavírus, a NextCam encontrou uma barreira. Boa parte de sua inteligência artificial funciona baseada em reconhecimento facial. Com o uso de máscaras, isso ficou mais complicado. É por isso, que a construtech está lançando uma atualização do sistema que permite o reconhecimento mesmo com o uso de máscaras.

O objetivo, além de manter em pleno funcionamento todas as funcionalidades já oferecidas pelo sistema, é auxiliar a retomado do setor. Permitir que os trabalhadores voltem ao seu trabalho na obra de maneira segura para eles e respeitando as legislações em relação ao uso da máscara.

Mais uma funcionalidade que está em processo de desenvolvimento é a integração do sistema com o WhatsApp. A ideia é que funcione como um chat entre o responsável da obra com o software, para trazer informações de forma rápida e acessível sobre os dados coletados.

Quanto custa utilizar inteligência artificial na minha obra?

Apesar do uso de inteligência artificial parecer algo distante da realidade e inacessível, a NextCam prova o contrário.  A startup trouxe para o mercado da construção mais tecnologia e uma das possibilidades de uso da IA.

Os valores cobrados pela NextCam são divididos entre custo da instalação e o recorrente mensal. O valor médio desse serviço mensal ainda está sendo validado, mas varia em torno de mil reais.

Qualquer obra pode utilizar os serviços da construtech. Grande parte dos projetos já desenvolvidos estão em obras residenciais, mas a NextCam acredita no potencial do software para trazer benefícios também para a área industrial.

Como a NextCam começou?

A NextCam foi fundada pelos engenheiros eletricistas Guilherme Cordeiro Vogt, Adriano Peniche dos Santos e Luís Guilherme Dias de Souza. Foi com um edital para trabalhar em uma startup na Alemanha, que Guilherme e Adriano se aproximaram. “Na época startup era um conceito muito abstrato no brasil”, explica Guilherme. Foi durante a viagem que os engenheiros se encantaram pela proposta de trabalho de uma startup.

Apesar de terem sido fisgados pelo universo da inovação, os engenheiros sabiam que os problemas existem na Alemanha, onde trabalharam, eram completamente diferentes dos encontrados no Brasil.

Luís já era amigo de Guilherme desde jovem e trabalhava no Ministério Público do Paraná fiscalizando obras. Somando o conhecimento de Luís, com a vontade de empreender e as experiências de Guilherme e Adriano, eles decidiram embarcar na área de segurança do trabalho na obra.

O ponta pé inicial foi dado e o passo principal para desenvolvimento da NextCam foi participar de um edital da USP em parceria com a Tim, chamado AWC. “A NextCam acaba surgindo como ideia, como conceito, em 2018, mas atuar com uma rede de clientes bem estabelecida, MVP para teste mais confiável, foi em outubro de 2019”, conta Guilherme.

Se você gostou e quer saber mais sobre a Nextcam, nós batemos um papo com os fundadores no podcast Cenário Construtivo! Na próxima quarta-feira teremos mais uma construtech para você conhecer!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo:

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Se inscreva na nossa newsletter​

A cada duas semanas, um conteúdo exclusivo em seu e-mail